tratamento

O que é oxigenoterapia hiperbárica?

   Modalidade de tratamento médico no qual o paciente permanece em um ambiente pressurizado, acima da pressão atmosférica, respirando oxigênio a 100%. Para o tratamento utiliza-se de uma Câmara Hiperbárica, que é um ambiente controlado que permite a inalação adequada do oxigênio.Nestas condições, o oxigênio penetra em maior quantidade no sangue e nos tecidos doentes, favorecendo o processo cicatricial e o combate aos processos infecciosos.

Como funciona o tratamento?

   Dentro da câmara hiperbárica com compressão, o oxigênio que penetra pelos pulmões por meio da respiração dilui-se no plasma e atinge tecidos com pouca irrigação e por consequência pobres em oxigênio. Com isso, os principais efeitos são: redução do número de bolhas, redução do edema, neovascularização, efeito antimicrobiano, entre outros a nível celular.

 

   A Câmara Hiperbárica utilizada no tratamento dos pacientes é uma das mais modernas existentes, proporcionando o tratamento de até 14 pacientes simultaneamente. Esta Câmara proporciona ao paciente todo conforto necessário durante a sessão de tratamento hiperbárico, contando com um ambiente climatizado em seu interior, bem como um sistema de entretenimento. Durante o tratamento na câmara hiperbárica, o paciente pode permanecer sentado em poltrona ou, em casos indicados, realizar o tratamento deitado sobre um leito. Para a inalação do oxigênio, o paciente utiliza uma máscara facial confortável, proporcionando a adequada utilização do oxigênio a 100%.

PROCESSOS INFECCIOSOS

  • Infecções de partes moles por bactérias envolvendo celulite, abscessos e/ou necroses: fasceíte necrosante – incluindo Síndrome de Fournier, erisipela, celulite, miosite, impetigo disseminado, piodermite gangrenosa, piomiosite, etc;

  • Osteomielites primárias com má resposta ao tratamento habitual, hematogênicas, pós-cirúrgicas e pós fraturas;

  • Artrites sépticas;

  • Osteomielites crônicas;

  • Epidermólise bolhosa;

  • Otites médias, externas e mastoidites de evolução crônica, otite externa maligna;

  • Micoses invasivas ( Actinomicose, Mucormicose, etc);

  • Infecções refratárias e aquelas envolvendo bactérias multi-resistentes.

 

FERIDAS
  • Feridas com característica isquêmica (fundo pálido), fundo irregular, extensas e/ou profundas;

  • Feridas com dificuldade de cicatrização ou sinais de evolução para sofrimento tecidual e necrose;

  • Osteomielite asssociada à ferida;

  • Feridas que determinam risco de amputação;

  • Feridas associadas à presença de fístula;

  • Feridas em locais previamente comprometidos (áreas necróticas, fibróticas, isquêmicas, irradiadas, etc).

 

DOENÇAS VASCULARES

  • Pé diabético;

  • Úlceras venosas;

  • Linfangite associadas a lesões cutâneas; 

  • Doenças arteriais obstrutivas periféricas com feridas isquêmicas;

  • Arteriopatias inflamatórias: tromboangeites obliterantes, arterites por colagenoses, e arterites infecciosas;

PRINCIPAIS INDICAÇÕES

OXIGENOTERAPIA HIPERBÁRICA
ACIDENTES E TRAUMA

  • Queimaduras térmicas, elétricas e químicas;

  • Ferimentos de difícil cicatrização;

  • Lesões por abrasão de pele ou acometendo áreas corporais nobres (face, pescoço, mamas, períneo, genitália, mãos e pés)

  • Traumas com isquemia de extremidades (esmagamento, desenluvamentos, perda de tecidos, fratura exposta, rupturas de vasos e síndrome compartimental);

  • Fraturas expostas em casos selecionados;

  • Infecção secundária pós trauma;

  • Traumas em locais previamente comprometidos (áreas necróticas, isquêmicas, irradiadas, etc.);

  • Pneumoencéfalo e pneumocrânio. 

  • Lesões traumáticas que evoluem desfavoravelmente apesar do tratamento habitual;

  • Acidentes por agentes biológicos (mordedura de animais – aranhas, cobras e insetos, etc.);

 

ORTOPEDIA

  • Pseudartrose com ou sem infecção;

  • Cirurgia de prótese infectada;

  • Cirurgia ortopédica infectada;

  • Necrose asséptica de cabeça de fêmur;

 

PÓS CIRÚRGICO

  • Enxertos e retalhos comprometidos ou de risco;

  • Perda de enxerto ou retalho prévio

  • Complicações pós cirurgia plásticas: incluindo infecções necrosantes;

  • Deiscências de suturas;

  • Prevenção de sofrimento tecidual, em pacientes com alto risco de complicação (diabéticos, tabagistas e etc.)

  • Redução de edemas e seromas que comprometam a cicatrização em casos selecionados;

 
ONCOLOGIA

  • Lesões Actínicas: dermatite, miosites, retite, cistite, neuropatia actinica, mielite e encefalite actínicas.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
E-MAIL PARA CONTATO
De segunda à sexta-feira
Das 07:00 às 13:00h
Dúvidas e Agendamento:
oximedhiperbarica@gmail.com
TELEFONE 
ENDEREÇO
Atendimento e agendamento:
+55 (48)  3346-7225
+55 (48) 99141- 8191 (whatsapp)
Rua Célio Veiga, 395, Bairro Jardim Cidade de Florianópolis, São José, SC. CEP: 88111-320.
Todos os direitos reservados OXIMED HIPERBÁRICA - 2017 | Criado por Ludney Santos - Graphic Designer